Nova York – mais dicas

Por causa do meu trabalho, fui a Nova York várias vezes desde o fim do ano passado. Na primeira vez, há um ano, não tive tempo de fazer nada de turismo. Na segunda vez aproveitei um findi que descrevi no post anterior. Depois daquela vez, foram mais várias! Com exceção do primeiro findi em NYC, todos os outros me hospedei em Chelsea. Então as dicas aqui especialmente de onde comer valem para essa região.

Aqui vai um resumão do que eu mais gostei, menos gostei, de hotéis a diferentes passeios e restaurantes, assim como dicas do que eu acho que não vale a pena.

Em abril desse ano peguei um final de semana lindo, ensolarado e com temperaturas acima dos 20 graus celcius! Estava comemorando meu aniversário de 40 anos, então aproveitei e contratei um fotógrafo pra registrar meu dia de modelete véia no Brooklyn. Recomendo altamente o Rodolfo.

Fiquei hospedada no Holiday Inn Express em Chelsea, localização: nota 10. Hotel: nota 6. Nem pense em tomar café da manhã no hotel quando se hospedar em Nova Yok! Há milhares de outras opções bem mais interessantes.

Falando em comida aqui vão algumas dicas: no Chelsea Market, você pode comer de olhos fechados em qualquer lugar. Tudo é delicioso 🙂 Tente o Amy’s Bread para um café da manhã, e definitivamente coma 3 tacos de uma vez no Los Tacos N. 1. Não tem melhor nem mais barato!

Outro bom lugar para um brunch ou almoço na região Chelsea – West Village é o Westville – dá pra se sentir um local sentado ali e olhando o movimento na calçada.

Querendo comida italiana? O SoHo é um lugar delicioso para se comer, passear, flanar, ver gente, lojas, livrarias, enfim. Lá encontrei uma pérola chamada Il Corallo Trattoria, onde comi uma pasta deliciosa e uma burrata que vou te contar.

 

Para ir de grátis pertinho da Estátua da Liberdade, peguei o ferry para Staten Island no sul de Manhattan. Chegando em Staten Island, volte imediatamente para o embarque de volta pra Manhattan, não há nada de interessante pra se fazer por lá, mas vale o passeio grátis! Aproveite que já estará perto e visite o Memorial do 11 de setembro na volta.

 

Aproveite para ver arte na sua passagem em Nova York. Eu dei sorte de pegar uma exibição de Tarsila do Amaral no MoMa e também vi obras de Eduardo Kobra e Os Gêmeos pelas ruas e no High Line Park.

 

Aliás, como é lindo o High Line Park! Vá!

Uma das minhas obsessões na vida é visitar livrarias. Apaixonei-me pela Strand Books que fica na Broadway, perto da Union Square. Sempre saio de lá com livros, chaveiros, bolsas, broches, marcadores de páginas, etc. Também há uma ótima no Chelsea Market e algumas menores e locais pelo SoHo afora.

 

E claro, eu que amo correr não podia deixar de participar de corridas ou correr mesmo sozinha no Central Park. Em junho, corri de Chelsea até o Central Park, e chegando lá descobri que tava rolando uma corrida de rua promovida pela imigração italiana de lá, a Italy Run (5 milhas, cerca de 8 km) e me juntei a eles totalmente de última hora. Da última visita, em outubro, me juntei a um tour da Fit Tours e super recomendo!

 

 

 

 

Anúncios

Sobre Flavia

Uma brasileira que saiu do Brasil à francesa em 2003 e nunca mais voltou
Esse post foi publicado em Check-up de Rotina. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s