Um fim de semana em Nova York

No fim de semana passado estive em Nova York. Fui a trabalho, e aproveitei o fim de semana para passear por essa cidade que nunca dorme, onde se há tanto a ver e fazer e eu só tinha dois dias.

Por causa desse tempo extremamente limitado, precisei planejar bastante e aceitar que eu precisaria relaxar. Esse mini roteiro então foi confeccionado sob medida para essa ocasião, não significa que escolhi uma programacão perfeita para alguém indo a Nova York pela primeira vez.

Cheguei no aeroporto JFK às onze da noite da sexta-feira. Tinha planejado chegar em Manhattan de transporte público, mas o voo programado para pousar às 9 da noite atrasou 2 horas, então achei que merecia entrar num taxi e ser transportada até a porta do meu hotel (Shelburne, An Affinia Hotel – 303 Lexington Avenue. Excelente localizacão, pertinho do Empire State). Saquei um pouco de dinheiro no atm do aeroporto e entrei no taxi. A corrida incluindo gorjeta deu 65 dólares.

 

 

Acordei sábado cedíssimo. O dia estava lindo e ensolarado, apesar dos -8 graus cortantes nas ruas. Saí do hotel, caminhei até a Penélope onde cheguei às 8 em ponto (eles estavam abrindo) e comi um brunch gostoso (nem chequei as opcões de café da manhã do hotel), de lá comecei a bater perna pela 34th St, que é o paraíso das compras ao ar livre, se por algum motivo você não puder/quiser ir a algum shopping ou outlet. Entrei e comprei nas seguintes lojas:

  • Lush, que vende cosméticos feitos à mão;
  • UniqLo, que vende umas malhinhas com uma tecnologia japonesa especial para climas frios;
  • Amazon Books, onde comprei A Amiga Genial, de Elena Ferrante; O velho e o Mar, e O Sol também se levanta, ambos de Hemingway;
  • Victoria’s Secret, claro, onde comprei lingerie 🙂
  • na rua também tem várias outras lojas como Gap e H&M, queridinhas dos brasileiros, mas não faz muito meu estilo então passei direto.

Durante a caminhada entrei na Ricky’s, que tem tudo para cabelos; Burlington, onde comprei duas malas Samsonite (as malas estavam mais baratas na Burlington do que na Marshall’s e na TJ Maxx – onde achei carteira da Marc Jacobs por 60 dólares, e da Calvin Klein por 40; as três são lojas de departamento bem parecidas, com ótimas pechinchas), Harmon Face values, onde você vai achar tudo que a farmácia Duane Reade tem (e muito mais), mas com precinhos bem melhores.

Almocei um pãozinho rápido em uma das várias filiais do Pain Quotidien pela cidade. Dali cheguei ao Rockefeller Center e subi no Top of the Rock no fim da tarde. Achei válido, o dia estava lindo e a vista de lá é magnífica. Custou uns 32 dólares e enfrentei pouquíssima fila, achei bem organizado.

Dali entrei pela quinta avenida e acabei passando na Nike Town na 57th St. (não recomendo. Achei os precos altos e havia poucas opcões). Caminhei pela quinta avenida, passei pela Times Square e fui até a 39th St. onde jantei no Salvation Taco, achei delicioso e barato, recomendo altamente. Depois da janta fui quase me arrastando pro hotel, que felizmente ficava bem pertinho dali, com os pés em chamas. Erro de principiante, caminhei o dia todo com botas de bico fino. Pelo menos não tinha salto. Mesmo assim, sapato pra bater perna é tênis e pronto!

No domingo acordei cedíssimo mais uma vez e às 8 estava tomando meu café da manhã na Maison Kayser, também recomendo. Quem não se alimenta bem nos EUA é porque não pesquisa e não sabe onde comer. Opcão é o que não falta em Nova York! Aliás ouvi um (dos muitos) grupo de brasileiros conversando perto de mim, onde todos concordavam que “como se come mal nos EUA, comida boa mesmo é a brasileira!“. Olha eu detesto ouvir isso. Porque não é verdade! E eu AMO comida brasileira. Mas não é verdade que só se come bem no Brasil. Há comida boa em todo lugar, e comida ruim também. A mesma coisa sobre quantidades, qando dizem que na Franca as porcões são minúsculas. Ora, barriga nenhuma no mundo precisa de um prato de caminhoneiro como muita gente come. Tudo é uma questão de hábito e costume, além de se estar aberto para vivenciar a cultura local.

Da Maison Kayser, caminhei lentamente até a estacão rodoviária de Port Authority, passando pela 41st street, pela Grand Central, Biblioteca (maravilhosa!!!), Bryant Park e WholeFoods onde fiz umas comprinhas. Cheguei na estacão às 10:10am, comprei meu ticket para o outlet Jersey Gardens em New Jersey e às 10:30 estava a caminho – às 11 chegamos no shopping 🙂

No Jersey Gardens eu entrei em várias lojas, mas as que mais gostei, onde mais gastei e que eu recomendo são: Tommy Hilfiger (maravilhosa, muita coisa bacana e precinhos ótimos), Nike Factory Store (comprei um novo tênis de corrida Lunarglide 8 por 39 dólares, 4 vezes mais barato que na Dinamarca!!!), e Disney e Osh Kosh para presentes pras criancas. Comprei também um perfume num quiosquinho no meio do shopping, um Lauren que eu usei 20 anos atrás e que já saiu de linha, mas ainda encontra-se em alguns lugares mas custa caro (75 dólares).

Por que eu decidi passar um dos únicos dois dias da minha estadia em Nova York dentro de um shopping? Porque segundo a previsão do tempo, o dia seria muito chuvoso. E a previsão acertou. Eu já tinha encarado bastante frio no dia anterior, mas pelo menos o sol estava brilhando. Agora, turistar com chuva não é pra mim. Numa próxima ocasião quero ir até o Brooklyn, e correr no Central Park. Mas dessa vez o foco da viagem foi mesmo compras.

No fim do dia, lá pelas 5 e meia peguei o ônibus de volta pra NY. Jantei no restaurante do hotel, e assim encerrei meu primeiro séjour na Big Apple.

 

 

 

 

 

Anúncios

Sobre Flavia

Uma brasileira que saiu do Brasil à francesa em 2003 e nunca mais voltou
Esse post foi publicado em Viajando. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s