Comendo (bem) em Copenhague

Atualizado: 06/08/2015

Pegando carona no comentário da Rita, resolvi que é chegada a hora de falar um pouquinho sobre as opções de alimentação em Copenhague. Se tem algo que me irrita, é pagar um monte de dinheiro pra comer mal, em ciladas turísticas.

Seguindo esse mini guia, duvido que você caia em alguma furada!

Copenhague tem 3 centrões de alimentação, que são aglomerados de restaurantes no mesmo local: Kødbyen, Copenhagen Street Food e Torvehallerne.

Torvehallerne, gourmet

O “Torvehallerne”, que consiste em dois galpões cheios de ‘stands’ das mais variadas comidas, é um lugar pra se passar o dia inteirinho! Lá dentro você encontra delícias dinamarquesas, francesas, italianas, espanholas, etc; de sandubas (‘Smag’) a marmitinhas com bolinhos de carne, fish&chips, ‘bife al pan’ argentino (‘Tango Bar’), sushi, pizza (‘Gorms’), cava (‘Cava Bar’), sucos e smoothies fresquinhos e orgânicos, comida ‘paleo’ sem farinha (‘Paleo’), enfim – Torvehallerne tem de um tudo e TUDO é delicioso.

Comece com um café da manhã no ‘Granny’s House’, onde o menu com café, pão com manteiga, geléia, queijo e presunto, mais um pão doce (Danish Pastry) custa 70 coroas.

O Torvehallerne fica coladinho na estação do metrô em Nørreport, centrão de Copenhague.

Kødbyen, mais gourmet

As posibilidades são muitas, desde pizza (‘Mother’), comida orgânica (‘Bio Mio’) até cozinha internacional mais refinada (‘Gorilla’s’). Explore e escolha – praticamente não há chance de cair numa furada.

Copenhagen Street Food‘budget’

Não perca tempo comprando no ‘Brasa’, o representante ‘brasileiro’ do local. De brasileiro não tem nada. Procure o trailer mais exótico que você conseguir encontrar e se jogue! Os cachorro-quentes gourmet são divinos, o ‘Fat Burger’ é gostoso, fish&chips também, mas eu iria no colombiano (vegetariano), no coreano ou no cuscus marroquino!

Outras opções na cidade

  • Uma deliciosa opção de almoço típico dinamarquês é o Schønnemann pertinho de Nørreport também, reserva recomendada. Ali são servidos os deliciosos sanduíches abertos no pão de centeio (mas você pode pedir pelo pão branco se preferir). Atendimento ótimo, precinhos um pouquinho salgados mas vale cada centavo 🙂
  • se você curte sushi, a opção é o Hatoba, perto da estação de metrô em Kongens Nytorv; ou qualquer um dos restaurantes do Sticks ‘n Sushi espalhados pela cidade;
  • se o negócio for pizza, tente o Gorm’s em frente ao Nyhavn, ou no Torvehallerne;
  • para hamburguers procure um dos Halifax pela cidade;
  • se quiser uma coisa mais nórdica / internacional / gourmet, procure o Madklubben na Vesterbrogade.
  • Para café da manhã, além do Granny’s House que fica no Torvehallerne, há duas redes de padaria que eu adoro e recomendo muito: a Lagkagehuset e a Emmery’s, em ambas você pode encontrar muito mais do que um delicioso morgenmad (‘café da manhã’ em dinamarquês), como bolos, sanduíches perfeitos pra um almoço rápido (ninguém precisa ir pra McDonald’s ou similares, por Deus!) e aquele cafezinho amigo de toda hora.
  • Quer uma sobremesa? Duas opções deliciosas são a Paradis Is, que vende sorvetes artesanais e tem pontos pela cidade inteirinha (fechada no inverno); e a La Glace, casa tradicionalíssima de tortas indescritíveis de tão perfeitas. A La Glace fica bem no meio da famosa rua dos pedestres, a Strøget.

Para mais dicas, visite (em inglês): Tudo Sobre Copenhague 🙂

Anúncios

Sobre Flavia

Uma brasileira que saiu do Brasil à francesa em 2003 e nunca mais voltou
Esse post foi publicado em Check-up de Rotina. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s