Comendo em Copenhague: Jensens Bøfhus

Esse foi provavelmente o primeiro restaurante onde eu comi em Copenhague, quando aqui cheguei em 2004. A promessa: um bife rápido, servido com uma saladinha básica e batatas fritas, a um precinho muitíssimo camarada (menos de 100 coroas). Não vou negar que comi lá outras vezes depois dessa primeira, e confesso que comi feliz e satisfeita.

Talvez eu tenha ficado mais exigente, talvez o restaurante tenha mesmo piorado o nível da comida e do atendimento, talvez as duas coisas. A última vez em que estive no Jensens (é uma rede enorme, com diversos restaurantes em toda a Dinamarca) foi há uns 7 anos. E a experiência foi tão ruim que eu pensei comigo mesma, eu não mereço – e nem tenho tempo pra perder com esse tipo de serviço!

Depois disso, passei a pesquisar sobre lugares legais e com precinhos camaradas pra se comer em Copenhague, e o resultado dessa pesquisa e de anos de teste vocês verão publicados aqui em breve (sei que já prometi isso antes, rs)

Mas por que resolvi falar do Jensens hoje?

Primeiro porque o Jensens está no olho do furacão desde a semana passada, com a notícia de que a rede venceu uma briga na justiça contra uma pequena peixaria que fica a centenas de quilômetros da capital, em Frederikshavn (norte da Jutlândia), pelo direito de usar o nome “Jensen”. O problema é que Jensen (assim como Hansen, Nielsen, e todos os outros sobrenomes terminados em -sen) é um dos nomes mais comuns do país, com milhares de pessoas sendo batizadas todos os dias com Jensen no documento. A peixariazinha em questão, um pequeno restaurante familiar que nem de longe ameaça a soberania da rede de bife (primeiro pelo tamanho e localização geográfica, segundo pelo tipo de comida que serve), foi condenada a pagar cerca de 200 mil coroas (pouco menos de cem mil reais) além de perder o direito de usar o nome Jensen (que certamente é o sobrenome do dono, assim como de outros milhares dinamarqueses).

A sociedade se doeu e tomou partido da peixaria, se organizou em um grupo no Facebook e agora milhares de pessoas estão detonando o Jensens (o do bife) e defendendo o Jensen (do peixe 🙂 ) pela internet a fora, principalmente no Facebook e no Trustpilot, que é onde eu trabalho.

jensens

O outro motivo de eu ter resolvido postar sobre esse evento é para alertar os turistas que pensam em vir pra Dinamarca. Não recomendo o Jensens (e não é por motivos políticos). A comida é ruinzinha, o atendimento é péssimo e o cliente nunca tem razão. Pelo mesmo dinheiro, dá pra comer beeeem melhor em outros lugares. Aguardem, eu volto com as dicas quentes.

Anúncios

Sobre Flavia

Uma brasileira que saiu do Brasil à francesa em 2003 e nunca mais voltou
Esse post foi publicado em Dinamarca e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Comendo em Copenhague: Jensens Bøfhus

  1. Andreza Batista disse:

    Boa tarde Flávia!
    Minhas férias só são em dezembro e janeiro, estarei indo para Suécia em dezembro e vou visitar a Dinamarca. Gostaria de saber a temperatura em média? e quais as minhas opções de lazer no inverno?
    obrigada

    • Flavia disse:

      Olá Andreza! Dezembro é normalmente bem frio, mas menos que janeiro ou fevereiro. As temperaturas ficam por volta dos 2 a 5 graus. Dificilmente neva nessa época, e se nevar, costuma ser pouco. O vento costuma ser forte, por isso o negócio é correr pra dentro de algum café ou museu pra não congelar 🙂

      As opções de lazer são muitas, mas o ponto alto é que tudo estará voltado para o natal. A ciade estará bem iluminada, haverá mercadinhos de natal onde vc poderá comer coisinhas quentinhas e doces, e beber muito chocolate quente ou gløgg, que é uma bebida quente à base de vinho tinto. O mercado de natal do Tivoli é lindo, e por toda a Strøget (rua de pedestres) você também pode encontrar pelo menos uns 2 deles.

      Aproveite bastante os museus: recomendo o Louisiana (em Humlebæk, a meia hora de Coepnhague) e a Pinacoteca (Carlsberg Glyptoteket), que fica bem no centro, ao lado do Tivoli.

  2. Andreia Brito disse:

    Olá, Flávia. Só agora descobri esta sua página que muito me tem elucidado sobre a Dinamarca. estarei viajando para Copenhague no final de Outubro e regressarei a Portugal no dia 5 de Novembro. Que dicas vc poderia me dar para aproveitar a cidade (e arredores) nesses dias? O que está acontecendo de bom? Muito frio? Obrigada e parabéns pelo blog, está um luxo!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s