Grécia: por onde começar?

Eu só tinha uma coisa em mente: quero ir pra Grécia.

Mas a Grécia tem milhares de ilhas. O que fazer então? Escolher a mais popular e pronto?

Não! Decidi pesquisar e descobrir que o que cada ilha poderia me oferecer, e assim escolher meu destino.

O que eu queria: praia, muito sol, sossego, romantismo, areia branca, vistas deslumbrantes, paisagens lindas de viver, tudo isso sem gastar muito, mas aproveitando no mínimo 2 semanas.

Assim cheguei às primeiras conclusões sobre a Grécia.

Bom, a capital, Atenas, tem que estar incluída! Ver a Acropolis era obrigação. Assim comecei a ler sobre Atenas, sobre os melhores bairros para se hospedar, para comer, para passear e fazer compras, com o máximo de economia possível. Achamos um hotelzinho super em conta no bairro Plaka. Também precisávamos ter uma idéia de quantos dias seriam suficientes para se ver a aproveitar a cidade e achamos que 3 noites estava perfeito. Distribuímos assim: 1 noite antes de ir pras ilhas, e duas noites na volta, deixando um espacinho no caso do tempo não colaborar e precisarmos adiar o ferry de volta pra capital. Assim não perderíamos nosso vôo de volta pra casa.

Ok. Agora temos aproximadamente 12 dias – 11 noites para distribuir entre as ilhas. Quais são as imperdíveis, no meu caso? E quantas delas poderemos visitar, sem correria e aproveitando o máximo de cada uma, mas também tendo tempo pra relaxar?

No site do Décio – www.guiagrecia.com.br – me apaixonei pelas fotos de todas as praias praticamente. Mas sabia que não daria para visitar todas. Assim, de cara, me apaixonei por Milos, Koufonissi e Santorini.

Santorini é famosa pelo romantismo, tudo o que li sobre essa ilha não poderia soar mais maravilhoso. Vi milhares de fotos na net, li centenas de relatos de viagens, sobre a pitoresca Oia, de onde se vê o pôr-do-sol mais lindo do mundo, com vistas para o mar que são simplesmente indescritíveis. Todos são unânimes em afirmar que as fotos não fazem justiça à beleza de Santorini. Assim decidimos passar 3 noite em Oia.

Agora era Milos e Koufonissi. Na época que decidimos visitar as ilhas, em setembro, os ferries não viajam mais tão frequentemente como em julho e agosto. Assim descobri que seria meio complicado ir de Milos para Koufonissi ou vice-versa. De Santorini para qualquer uma destas seria fácil, o problema era de uma para a outra já que ficam em rotas completamente diferentes.

 Assim teríamos: Santorini – Milos, ou Santorini – Koufonissi.

Comecei a ler mais, sobre as ilhas próximas de Milos e as próximas de Koufonissi, e assim descobri Naxos. Paixão à primeira vista! Com suas looongas praias de mar transparente e areia branquinha, Naxos era exatamente o que eu procurava – além de todo o sossego, as praias paradisíacas, Naxos fica pertinho de Santorini e de Koufonissi – e por ser uma ilha maior – a maior das Cíclades – decidi que nos hospedaríamos lá, e de lá faríamos algum passeio para Koufonissi e Paros, que também é vizinha. Milos vai ficar para a próxima 🙂

Se em Santorini eu buscava romantismo e vistas deslumbrantes, me decidindo assim por me hospedar em Oia, em Naxos eu buscava sossego e praias sem fim. Por isso ficar na capital – Naxos Town, ou Chora – estava fora de cogitação. Eu queria um lugar isolado, onde eu verdadeiramente me desligasse de tudo. Nada de luxo e muitas conveniências. Assim optei por Kastraki, a 16 km da capital. Uma praia isolada e linda.

No próximo capítulo conto mais detalhes. Falta menos de um mês!!!!

Anúncios

Sobre Flavia

Uma brasileira que saiu do Brasil à francesa em 2003 e nunca mais voltou
Esse post foi publicado em Viajando. Bookmark o link permanente.

14 respostas para Grécia: por onde começar?

  1. Fatti Arantes disse:

    Adorei o seu relato e estou na mesma duvida que vc. Quero muito ir para Athenas e Santorini exatemente em Oia, mas visitar outras ilhas.
    Perguntas: aonde ficou hospedada em Santorini? Quantos dias seriam suficientes? estou pensando em 5 dias. Eh muito? Obrigada!!!!!

  2. Flavia Kaiser disse:

    Fatti, suas perguntas estão respondidas no post onde eu relato a viagem à Grécia, que foi perfeita. Dá uma lida lá! Bjos e boa viagem!

  3. Fatti Arantes disse:

    Flavia,

    Obrigada pelas dicas! Estou partindo para Atenas no final de agosto. Dai vou para Santorini e a grande duvida cruel: Koufanissi ou Mikonos? ai, ai…
    Tenho 10 dias! Bjs

  4. Flavia Kaiser disse:

    Fatti, é tudo uma questão de saber o que você está procurando. Koufonissi e Mikonos não tam absolutamente nada a ver uma com a outra. Mikonos é badalada, festa, muito turismo.

    Koufonissi é um paraísozinho perdido, uma ilhota minúscula, tranquila, maravilhosa. Tem que ver qual é o seu estilo 🙂 Eu vou de koufonissi, sem dúvida.

    Boa viagem!

    p.s. Mikonos em agosto estará fer-vi-lhan-do de gente.

  5. Ana Scholl disse:

    Ana Scholl

    Flávia,

    Estava procurando dicas de como ir a Grécia e aí achei teu relato simples e bem objetivo, me encantei. Sonho em conhecer a Grécia desde os meus quinze anos. É muito caro para ir ? Foi através de agência de viagem? Desculpas, é que não tenho experiência alguma, o que tenho é uma vontade enorme de conhecer a Grécia e estou tentando realizar esse sonho. Hoje estou com 46 anos.

    Valeu! Abraço!

    Ana Scholl

    • Flavia disse:

      Ana, desculpa o atraso na resposta. Tive bebê ano passado e só agora ele está me dando um tempinho pra colcoar esses assuntos em dia 🙂

      A Grécia é um país super barato, comparando com os outros destinos populares na Europa. Acho que a Grécia é realmente o mais barato.

      Fiz tudo pela internet, nada por agência, preferi assim.

      Se você visitar o TripAdvisor vai achar um monte de dicas legais sobre a Grécia.

      Espero que sua viagem saia logo!

  6. Pat disse:

    adorei seus comentarios, vou a Grecia em abril, poderia me dar algumas dicas. Obrigada

  7. Patricia disse:

    Gostaria de saber da viagem pois irei fazer milos santorini koufonissia !
    Vcs gostaram?

  8. Flavia disse:

    Patricia, em outro post tem o relato da nossa viagem 🙂

  9. Rute Souza disse:

    Gostei muito das dicas Flávia, gostaria de saber se com o inglês básico de viagem dá para se comunicar bem, indo sem agência. Abraço Rute

  10. Flávia disse:

    Minha xará é meu sonho ir à Grécia pois amo mitologia grega e quero visitar os lugares que leio nos mitos principalmente creta e itaca

  11. Dymaima disse:

    Olá, eu falo italiano e espanhol, será que consigo me virar tranquilamente na Grécia? Obrigada.

  12. Dymaima disse:

    Olá, eu falo italiano e espanhol, será que consigo me virar tranquilamente na Grécia? Aguardo resposta. Obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s